Desde de 2014 o Hospital Ministro Costa Cavalcanti conta com uma Política Institucional de Atendimento Humanizado, com o objetivo de “Promover a cultura humanizada buscando excelência no atendimento”.

A Política de Humanização do Ministério de Saúde, criada em 2003, atualmente possui três objetivos centrais, que priorizam a qualidade assistencial e o repeito à dignidade do usuário, como também a necessidade de repensar a gestão dos processos de trabalho.

A Comissão Institucional de Humanização do Hospital Ministro Costa Cavalcanti, foi estruturada em 2002, com a participação de diversos setores do hospital e nomeada pela Superintendência através de Ato Administrativo. O Regimento Interno foi aprovado em 2009.

A Humanização opera no conjunto das relações entre profissionais e usuários, nas diferentes unidades de serviços de saúde e entre as instâncias que constituem o SUS.

A Humanização implica em desenvolver ações de forma organizada, com critérios e objetivos claros, competências qualificadas e quantificáveis.

A Política de Humanização da Assistência à Saúde apresenta parâmentros para a humanização hospitalar nas áreas de acolhimento e atendimento dos usuários, trabalhos dos Profissionais e gestão.

A Humanização desenvolve o modelo de gestão voltado para a construção da cultura humanizada pautada no respeito, ética e cidadania. A cultura é construída com a participação de todos os atores, valoriza as ações humanizadas já desenvolvidas, alinha à filosofia institucional e estabelece parâmetros para análise, reflexões e elaboração de novas ações, programas; campanhas e políticas assistenciais humanizadas.

Considerando a necessidade de manter-se entre as instituições preocupadas com a Humanização no atendimento de seus clientes e prestadores de serviços e de manter e ampliar as iniciativas para prestar uma assistência humanizada e segura, o Hospital Ministro Costa Cavalcanti, por meio da Comissão Institucional de Humanização, instituiu sua política de humanização no atendimento, com os objetivos e diretrizes ora descritos.